LAC-2020-6: Alterações várias do PDP

Informação geral

Español
21/04/2021
Em discussão
14 %. O próximo passo seria Primeiro consenso

Jordi Palet Martínez - Versão [1, 2]
Discussão inicial
23/04/2021 - 18/06/2021
Primeiro consenso
18/06/2021 - 02/07/2021

Notas Públicas da equipe de LACNIC para esta versão

Interpretação da proposta pela equipe do LACNIC

Aplicação da proposta:
Esta proposta se refere a mudanças no PDP.

Modificação do texto atual:
Esta proposta modificaria os seguintes pontos no PDP.

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores
6. Últimos Comentários (“Last Call”)

Texto da proposta:

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores

1. Publicar na Lista Pública a agenda do próximo Fórum Público de Políticas programado, pelo menos 1 semana antes do início do Fórum. Indicar, entre outras coisas, as propostas de políticas que serão apresentadas e discutidas.
2. Elaborar um relatório sobre o Fórum Público de Políticas que deve ser apresentado na Lista Pública no máximo 1 semana após o término do Fórum.
3. Introduzir na Lista Pública uma chamada para a discussão de qualquer proposta que seja apresentada pela comunidade, e lembrar nesta chamada, que o prazo mínimo para sua discussão é de 8 semanas e, como máximo, o prazo necessário para que possa ser apresentada no Fórum Público de Políticas. Nenhuma proposta pode ser chamada a consenso se não foi apresentada e discutida em pelo menos um Fórum Público de Políticas.
4. Decidir com o(s) autor(es) se, como resultado do debate, em qualquer momento durante esse prazo, é aconselhável rever a proposta, e se é necessário reiniciar o período de debate ou pode continuar se as mudanças forem pequenas e/ou se for previsto o consenso.
5. Declarar, após esse prazo, em um máximo de 2 semanas, se o consenso foi atingido.
6. Se não houver consenso, decidir com o(s) autor(es), se deseja(m) continuar a discussão da referida proposta (seja com a mesma versão ou com uma nova), ou retirar a proposta. Se a discussão for continuar, o prazo de debate de 8 semanas seria reiniciado.
7. Uma proposta também pode ser retirada pelos autores, mesmo quando tivesse alcançado consenso e tenham sido apresentadas propostas competitivas para dar opções à comunidade.

8. Os moderadores podem decidir que um consenso parcial foi alcançado, quando partes do texto têm o apoio da comunidade e é possível desvinculá-las das outras, dividindo os autores a proposta em duas, para proceder à “last call” da parte que alcançou consenso.

9. Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas. No caso de mudanças editoriais, será necessário publicar uma nova versão da proposta e reiniciar a “last call” dela.

10. No prazo máximo de 1 semana após a "last call", confirmar se o consenso é mantido (e nesse caso passa à ratificação pela Diretoria) ou caso contrário, decidir com o autor se quer voltar a reiniciar o prazo de debate na Lista Pública de uma versão atualizada.

11. Comunicar à comunidade, através da Lista de Políticas, os resultados da ratificação, por parte da Diretoria do LACNIC, máximo 1 semana após da publicação da ata da reunião da Diretoria.

6. Últimos Comentários (“Last Call”)
O propósito da "last call" é fornecer uma oportunidade breve e final para que a comunidade comente sobre a proposta, e principalmente para aqueles que ainda não comentaram.
Desta forma, podem ser feitas mudanças editoriais (ortográfica, gramatical, escrita ou semelhantes), desde que o texto que alcançou consenso não perca nenhum detalhe, inclusive informativos. A ideia é que um “novo leitor” que não participou da discussão, possa ter as mesmas informações que alcançaram consenso.
Excepcionalmente, poderia haver objeções se algum aspecto não contemplado na discussão anterior à determinação do consenso for descoberto. As novas objeções também devem ser fundamentadas e, portanto, não obedecer a opiniões sem justificativa técnica.
Diferenças com a versão anterior:

v1:
Uma proposta também pode ser retirada pelos autores, mesmo que tenha alcançado consenso.
V2:
Uma proposta também pode ser retirada pelos autores, mesmo quando tivesse alcançado consenso e tenham sido apresentadas propostas competitivas para dar opções à comunidade.
v1:
Os moderadores podem decidir que se chegou a um consenso parcial, quando partes do texto têm o apoio da comunidade e é possível desvinculá-las das demais, dividindo para isso a proposta em duas para proceder à “last call” da parte que alcançou consenso.

V2:
Os moderadores podem decidir que um consenso parcial foi alcançado, quando partes do texto têm o apoio da comunidade e é possível desvinculá-las das outras, dividindo os autores a proposta em duas, para proceder à “last call” da parte que alcançou consenso.

v1:
Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas. No caso de mudanças editoriais, será necessário publicar uma nova subversão da proposta e reiniciar a “last call”.
V2:
Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas. No caso de mudanças editoriais, será necessário publicar uma nova versão da proposta e reiniciar a “last call” dela.

Comentários da equipe:

Para o proposto na seção 3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores:

1)_ Em relação ao ponto 7, reiteramos o que já foi mencionado na análise de impacto da versão anterior: consideramos que uma vez que uma proposta atinge consenso, a comunidade já decidiu que é pertinente, portanto não deveria ser potestade do autor retirá-la, se chegarmos a essa instância.
Além disso, consideramos que este ponto não é responsabilidade dos moderadores.

Do outro lado, atendendo o que foi acrescentado nesta nova versão, sobre "propostas competitivas", entendemos que é importante levar em consideração que atualmente o PDP não contempla o conceito de "propostas competitivas", portanto, essa formulação é infundada.

2)_ Em relação ao ponto 8, vemos que nesta nova versão fica esclarecido que serão os autores quem poderão dividir a proposta em diferentes partes segundo aquelas que alcançaram consenso. Porém, reiteramos que sempre deve haver a possibilidade de a comunidade discutir os méritos de uma nova proposta gerada, e não elevá-la diretamente para um período de “last call”, ainda que esta nova proposta faça parte de discussões anteriores, visto que o fato de alguns pontos não terem sido objetados não significa que tenham consenso. Muitas vezes a comunidade escolhe quais pontos discutir, e não necessariamente aqueles que permanecem na nova proposta gerada merecem consenso.
Os moderadores devem ser capazes de considerar a proposta na sua totalidade e não partir de análises parciais de quando os pontos faziam parte de uma proposta original.
Expor os moderadores à pressão para declarar consenso parcial sobre uma parte da proposta pode gerar incentivos contraproducentes para que eles falem sobre textos que não receberam discussão suficiente, uma vez que a comunidade priorizou outros pontos da proposta.

3)_ Vemos que no ponto 9 “subversão” foi substituída por “versão”. Reavaliamos o impacto deste parágrafo na proposta e o consideramos positivo, pois remove um aspecto discricionário do PDP atual que poderia causar um problema no futuro. E, embora isso produze tempo adicional ao processo, nesses casos de mudanças editoriais, consideramos que vale a pena assumi-lo.

Recomendações

Para o proposto na seção 3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores:

1. Remover o ponto 7 da proposta.
2. Remover o ponto 8 da proposta.

Fontes oficiais de referências
----------------------------------------------
Propostas semelhantes em outros RIR:
Embora o APNIC tenha algo semelhante implementado, isso não está escrito no PDP, mas às vezes, dependendo da opinião da comunidade durante a reunião aberta para discutir sobre políticas (OPM), os chairs do grupo de políticas (Política SIG) concordam em pedir consenso sobre partes de uma proposta. Claro, o autor da proposta também deve concordar com isso, não apenas a comunidade.

Impacto no sistema de registro e/ou outros sistemas
---------------------------------------------------------------------------
Se esta proposta for aprovada, haveria um impacto direto no sistema de políticas do LACNIC.


Resumo

Essa proposta incorpora diversas alterações e esclarecimentos no PDP, com base na diversidade de interpretações dos últimos anos, encurtando o texto quando possível.

Justificativa

O texto atual da seção 3.2.1 indica que uma das funções dos moderadores é a decisão de abandonar uma política, quando na verdade se refere a uma proposta. Além disso, o termo abandono vem da tradução dos outros PDP em inglês (“abandon”) que, ao contrário do espanhol, não diferencia tão claramente “abandonar” e “retirar”.

No caso do espanhol, abandonar é mais bem entendido como algo ao que não se presta atenção e se “deixa”, mais associado ao “descuido” ou ao “não prestar atenção”. No entanto, quando um autor decide "propositalmente", é mais correto usar "retirar".

De fato, isso permite diferenciar uma proposta na que os autores "desaparecem" da comunidade ou deixam de prestar atenção a ela e, portanto, é claramente "abandonada", diante de uma proposta que tanto porque outra semelhante alcançou consenso ou os autores decidem que não é necessário continuar sua discussão, e portanto a “retiram”, como tem acontecido em vários casos.

Por outro lado, às vezes há propostas com diversos pontos, que podem ser considerados perfeitamente "separáveis" e "não dependentes", e alguns pontos obviamente podem ser considerados como tendo consenso (a comunidade os apoia, e não têm objeções), ainda quando os outros pontos continuam sendo discutidos.

Nesse contexto, e para facilitar a discussão (ou retirada dos pontos sem consenso), como é feito no APNIC, faz sentido que os moderadores declarem um consenso parcial e, como resultado disso, a proposta se divide em duas propostas: uma, a parte que alcançou consenso e passa à última chamada e outra, a parte restante.

Dessa forma, a tomada de decisões por parte da comunidade fica mais ágil, e o PDP fica descongestionado no caso de ter múltiplas propostas.

Finalmente, na última chamada se fala em mudanças editoriais, mas não fica claro, como foi colocado recentemente, o que é e o que não é uma mudança editorial, por isso é essencial delimitá-la. Além disso, é razoável que essas mudanças passem no mínimo por um período de "last-call", já que, de outro modo, cria-se desamparo desde a comunidade.

Texto Atual

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores

• Se o consenso não for atingido, decidir com o(s) autor(es), se deseja(m) continuar a discussão da referida proposta (seja com a mesma versão ou com uma nova), ou abandonar a proposta. Se a discussão for continuar, o prazo de debate de 8 semanas seria reiniciado.
• Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas.
• No prazo máximo de 1 semana após a "última chamada", confirmar se o consenso é mantido (e nesse caso passa para a ratificação pela Diretoria de LACNIC) ou caso contrário, decidir com o autor se quer voltar a reiniciar o prazo de debate na Lista Pública de uma versão atualizada.
• Comunicar à comunidade, através da Lista de Políticas, os resultados da ratificação, por parte da Diretoria de LACNIC, das políticas com consenso que não receberam observações durante o período de última chamada para comentários em um prazo máximo de 1 semana após da publicação da ata da reunião da Diretoria com a ratificação.

6. Últimos Comentários (“última chamada”)

O propósito da "última chamada" é fornecer uma oportunidade breve e final para que a comunidade comente sobre a proposta, principalmente para aqueles que não o fizeram anteriormente. Assim poderiam ser feitas observações editoriais e excepcionalmente objeções se algum aspecto não contemplado na discussão anterior à determinação do consenso for descoberto. As novas objeções também devem ser fundamentadas e, portanto, não obedecer a opiniões sem justificativas técnicas.

Texto Novo
Veja Diff

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores

• Se não atingir consenso, decidir com o(s) autor(es), se deseja(m) continuar a discussão da referida proposta (seja com a mesma versão ou com uma nova), ou retirar a proposta. Se a discussão for continuar, o prazo de debate de 8 semanas seria reiniciado.
• Uma proposta também pode ser retirada pelos autores, mesmo que tenha alcançado consenso.
• Os moderadores podem decidir que se alcançou um consenso parcial, quando partes do texto têm o apoio da comunidade e é possível desvinculá-las do restante, dividindo para isso a proposta em duas, para proceder à “last call” da parte consensual.
• Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas. No caso de mudanças editoriais, será necessário publicar uma nova subversão da proposta e reiniciar a “last call”.
• No prazo máximo de 1 semana após a última chamada confirmar se o consenso é mantido (e nesse caso passa à ratificação pela Diretoria) ou caso contrário, decidir com o autor se quer voltar a reiniciar o prazo de debate na Lista Pública de uma versão atualizada.
• Comunicar à comunidade, através da Lista de Políticas, os resultados da ratificação, por parte da Diretoria do LACNIC, máximo 1 semana após da publicação da ata da reunião da Diretoria.

6. Últimos Comentários (“Last Call”)

O propósito da "last call" é fornecer uma oportunidade breve e final para que a comunidade comente sobre a proposta, principalmente para aqueles que ainda não comentaram.

Desta forma, podem ser feitas mudanças editoriais (ortográfica, gramatical, escrita ou semelhantes), desde que o texto que alcançou consenso não perca nenhum detalhe, inclusive informativos. A ideia é que um “novo leitor” que não participou da discussão, possa ter as mesmas informações que alcançaram consenso.

Excepcionalmente, poderia haver objeções se algum aspecto não contemplado na discussão anterior à determinação do consenso for descoberto. As novas objeções também devem ser fundamentadas e, portanto, não obedecer a opiniões sem justificativa técnica.

Informações Adicionais

-

Tempo de Implementação

-

Referências

-


Resumo

Essa proposta incorpora diversas alterações e esclarecimentos no PDP, com base na diversidade de interpretações dos últimos anos, encurtando o texto quando possível.

Justificativa

O texto atual da seção 3.2.1 indica que uma das funções dos moderadores é a decisão de abandonar uma política, quando na verdade se refere a uma proposta. Além disso, o termo abandono vem da tradução dos outros PDP em inglês (“abandon”) que, ao contrário do espanhol, não diferencia tão claramente “abandonar” e “retirar”.

No caso do espanhol, abandonar é mais bem entendido como algo ao qual não se presta atenção e se “deixa”, mais associado ao “descuido” ou por “não prestar atenção”. No entanto, quando um autor decide "propositalmente", é mais correto usar "retirar".

De fato, isso permite diferenciar uma proposta em que os autores "desaparecem" da comunidade ou deixam de prestar atenção a ela e, portanto, é claramente "abandonada", diante de uma proposta que seja porque outra semelhante alcançou consenso ou os autores decidem que não é necessário continuar sua discussão, e portanto a “retiram”, como tem acontecido em vários casos.

Por outro lado, às vezes há propostas com diversos pontos, que podem ser considerados perfeitamente "separáveis" e "não dependentes", e alguns pontos obviamente podem ser considerados como tendo consenso (a comunidade os apoia, e não têm objeções), ainda quando os outros pontos continuam sendo discutidos.

Nesse contexto, e para facilitar a discussão (ou retirada dos pontos sem consenso), como é feito no APNIC, faz sentido que os moderadores declarem um consenso parcial e, como resultado disso, a proposta se divide em duas propostas: uma, a parte que alcançou consenso e passa à última chamada e outra, a parte restante.

Dessa forma, a tomada de decisões por parte da comunidade fica mais ágil, e o PDP fica descongestionado no caso de ter múltiplas propostas.

Finalmente, na última chamada se fala em mudanças editoriais, mas não fica claro, como foi colocado recentemente, o que é e o que não é uma mudança editorial, por isso é essencial delimitá-la. Além disso, é razoável que essas mudanças passem no mínimo por um período de "last-call", já que, de outro modo, cria-se desamparo desde a comunidade.

Texto Atual

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores

• Se o consenso não for atingido, decidir com o(s) autor(es), se deseja(m) continuar a discussão da referida proposta (seja com a mesma versão ou com uma nova), ou abandonar a proposta. Se a discussão for continuar, o prazo de debate de 8 semanas seria reiniciado.
• Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas.
• No prazo máximo de 1 semana após a "última chamada", confirmar se o consenso é mantido (e nesse caso passa para a ratificação pela Diretoria do LACNIC) ou caso contrário, decidir com o autor se quer voltar a reiniciar o prazo de debate na Lista Pública de uma versão atualizada.
• Comunicar à comunidade, através da Lista de Políticas, os resultados da ratificação por parte da Diretoria de LACNIC, das políticas com consenso que não receberam observações durante o período de última chamada para comentários em um prazo máximo de 1 semana após da publicação da ata da reunião da Diretoria com a ratificação.

6. Últimos Comentários (“Last Call”)

O propósito da "last call" é fornecer uma oportunidade breve e final para que a comunidade comente sobre a proposta, e principalmente para aqueles que ainda não comentaram. Assim poderiam ser feitas observações editoriais e excepcionalmente objeções se algum aspecto não contemplado na discussão anterior à determinação do consenso for descoberto. As novas objeções também devem ser fundamentadas e, portanto, não obedecer a opiniões sem justificativa técnica.

Texto Novo
Veja Diff

3.2.4. Responsabilidades e deveres dos Moderadores

• Se não houver consenso, decidir com o(s) autor(es), se deseja(m) continuar a discussão da referida proposta (seja com a mesma versão ou com uma nova), ou retirar a proposta. Se a discussão for continuar, o prazo de debate de 8 semanas seria reiniciado.
• Uma proposta também pode ser retirada pelos autores, mesmo quando tivesse alcançado consenso e tenham sido apresentadas propostas competitivas para dar opções à comunidade.
• Os moderadores podem decidir que um consenso parcial foi alcançado, quando partes do texto têm o apoio da comunidade e é possível desvinculá-las das outras, dividindo os autores a proposta em duas, para proceder à “last call” da parte que alcançou consenso.
• Publicar uma última chamada para comentários ("last call"), para qualquer proposta que atinja consenso, com uma duração de 4 semanas. No caso de mudanças editoriais, será necessário publicar uma nova versão da proposta e reiniciar a “last call” dela.
• No prazo máximo de 1 semana após a "last call", confirmar se o consenso é mantido (e nesse caso passa à ratificação pela Diretoria) ou caso contrário, decidir com o autor se quer voltar a reiniciar o prazo de debate na Lista Pública de uma versão atualizada.
• Comunicar à comunidade, através da Lista de Políticas, os resultados da ratificação, por parte da Diretoria do LACNIC, máximo 1 semana após da publicação da ata da reunião da Diretoria.

6. Últimos Comentários (“Last Call”)

O propósito da "last call" é fornecer uma oportunidade breve e final para que a comunidade comente sobre a proposta, e principalmente para aqueles que ainda não comentaram.

Desta forma, podem ser feitas mudanças editoriais (ortográfica, gramatical, escrita ou semelhantes), desde que o texto que alcançou consenso não perca nenhum detalhe, inclusive informativos. A ideia é que um “novo leitor” que não participou da discussão, possa ter as mesmas informações que alcançaram consenso.

Excepcionalmente, poderia haver objeções se algum aspecto não contemplado na discussão anterior à determinação do consenso for descoberto. As novas objeções também devem ser fundamentadas e, portanto, não obedecer a opiniões sem justificativa técnica.

Informações Adicionais

-

Tempo de Implementação

-

Referências

-