Eliminação de multihoming da política de designações IPv4 para Usuários Finais

Idioma Original Español Data Publicação 08/05/2018 Última Modificação 01/05/2018
Período de últimos comentários 12/10/2018 - 26/11/2018 Data de ratificação Não aplicável Data de implementação Não aplicável
Estado Últimos Comentários Baixar TXT PDF XML DOCX
Ver outras versões 1.0 (comparar)

Autores

Nome: Jordi Palet Martinez
E-mail: jordi.palet@consulintel.es
Organização: The IPv6 Company

Dados da Proposta

Tipo Política: LACNIC
Id: LAC-2018-11
Última versão: 1
Apresentações:

Resumo

Na política do IPv4, na hora das designações diretas de LACNIC para usuários finais, seção 2.3.3.4.3. (Status do Solicitante), são avaliados vários requisitos de acordo com o fato de o candidato ter ou não ter multihoming, ou se tiver previsto.

Isto é um requisito que não precisa ser avaliado, por várias razões:

1) Existem muitos casos em que o solicitante pode precisar de endereçamento estável e não ser possível o uso de NAT e endereços privados; e não importar que não tenha multihoming, principalmente levando em consideração os níveis atuais de SLA.
2) Em alguns casos, o custo de multihoming o torna inviável, principalmente em regiões afastadas, onde pode haver apenas um provedor.
3) Na política do IPv6 há tempo que o requisito de multihoming foi eliminado, portanto não faz sentido exigi-lo no IPv4. Esta proposta visa simplificar essa avaliação e eliminar essas barreiras, unificando os requisitos independentemente de ter ou não multihoming.

Justificativa

Não parece fazer sentido que os requisitos sejam diferentes para IPv4 do que para IPv6 e muito menos considerando a melhoria das tecnologias, os níveis de SLA e que, portanto, implicam que em muitos casos pode haver menor necessidade de multihoming.

Texto

Texto atual:

2.3.3.4.3. Status do solicitante
Além disso, o status multiprovedor ou não multiprovedor afeta a avaliação da solicitação.

Se o solicitante for um usuário final multiprovedor ou tiver necessidades de interconexão com outros sistemas autônomos:

O tamanho da designação mínima de endereços IPv4 para um usuário final multiprovedor é de um bloco /24 e o tamanho máximo será um /21. Para qualificar por um bloco, deverão cumprir também com os seguintes requisitos:
o Caso o usuário ainda não seja multiprovedor mas planeja tornar-se no espaço de tempo de seis meses ou planeja estabelecer interconexões com outros sistemas autônomos no mesmo prazo, deverão apresentar justificativa detalhada.
o Apresentar justificativa do tamanho do bloco solicitado, de acordo com a Taxa de Utilização (seção 2.3.3.4.2).
o Estar de acordo em renumerar todos os blocos designados pelo provedores dentro do prazo de 3 meses e retornar o espaço ao provedor original.

Designações iniciais de bloco maiores que um /21 deverão seguir os requisitos adicionais estabelecidos para usuários finais não multiprovedor descritos abaixo.

Se o solicitante for um usuário final não multiprovedor:
O tamanho da designação mínima de endereços IPv4 para um usuário final não multiprovedor é de um bloco com prefixo /20. Se a necessidade de espaço de endereços IPv4 for menor que um bloco com prefixo /20, os usuários finais não multiprovedores deverão contatar seus Provedores de Serviços de Internet correspondentes para obter seu direcionamento.

Para designar um prefixo /20 a um usuário final, deverão ser agregados os seguintes requisitos aos anteriores:

Contar com uma designação mínima de 8 prefixos /24 de seu Provedor de Serviços de Internet.

Estar de acordo em renumerar esse endereçamento dentro do prazo de 12 meses e retornar o espaço a seu provedor original. Este ponto é indispensável para obter o prefixo /20 solicitado. O prefixo /20 designado deverá ser usado para renumerar o endereçamento designado previamente por seu provedor.

Para designações adicionais, serão seguidas as políticas inclusas na seção 2.3.4 aplicáveis aos usuários finais.

Texto novo:

2.3.3.4.3. Tamanho da designação e procedimento
O solicitante deve justificar que anunciará o espaço designado, com seu próprio sistema autônomo, pelo menos para outro sistema autônomo.

O tamanho da designação mínima de endereços IPv4 para um usuário final é de um bloco com prefixo /24 e o tamanho máximo será um /20, o qual deverá ser justificado, de acordo com a taxa de utilização (seção 2.3.3.4.2).

O bloco previamente designado deverá ser renumerado, e deverá ser devolvido no prazo máximo de 6 meses. Excepcionalmente, este prazo poderá ser prorrogado por mais 6 meses se for justificado que não houve tempo para a obtenção dos recursos necessários e a renumeração correspondente.

Para designações adicionais, serão seguidas as políticas incluídas na seção 2.3.4 aplicáveis aos usuários finais.

Informações Adicionais

-

Tempo de Implementação

Imediato

Referências

Em outros RIR, o multihoming também não é solicitado, apenas a justificativa da necessidade.

Notas Públicas da equipe de LACNIC

ANÁLISIS DE IMPACTO DEL STAFF DE LACNIC - Propuesta LAC-2018-11 - versión 1

Interpretação da proposta pela equipe de LACNIC
-------------------------------------------------

Aplicação da proposta:
-----------------------

Esta proposta é aplicada no caso de uma alocação inicial IPv6 para um usuário final.


Alteração do texto atual
-----------------------
O manual de políticas aparecerá no ponto seguinte como mostrado abaixo:

• Modifica-se o ponto 3 da secção "2.3.3.4.3. Status do solicitante” para:

o 2.3.3.4.3. Tamanho da designação e procedimento. O solicitante deve justificar que irá anunciar o espaço designado, com seu próprio sistema autônomo, pelo menos para outro sistema autônomo.

O tamanho da designação mínima de endereços IPv4 para um usuário final é de um bloco com prefixo /24 e o tamanho máximo será um /20, o qual deverá ser justificado, de acordo com a taxa de utilização (seção 2.3.3.4.2).

Deverá ser renumerado o bloco previamente designado, que deverá ser devolvido no prazo máximo de 6 meses. Excepcionalmente, este prazo pode ser prorrogado por mais 6 meses se for justificado que não houve tempo para a obtenção dos recursos necessários e a renumeração correspondente.

Para designações adicionais, serão seguidas as políticas incluídas na seção 2.3.4 aplicáveis aos usuários finais.

Comentários da equipe:
-----------------------
Observa-se que do texto é mantido:

• A justificação de recursos solicitados
• O tamanho máximo e mínimo de designação
• O pedido para renumerar e devolver o bloco previamente designado ao provedor.

Verifica-se que em relação ao texto atual muda:

• Elimina-se o requisito de multihoming.
• A proposta dá a possibilidade de prorrogar o prazo para devolver o bloco a mais 6 meses, se justificado.
• Estende-se o prazo para a devolução dos IPs pertencentes ao provedor de 3 para 6 meses.
• LACNIC entende que, para aprovar um pedido IPv4 e IPv6, é necessário que o usuário final solicite ou tenha solicitado previamente um ASN a LACNIC.

Recomenda-se, no texto da proposta, esclarecer: “O bloco previamente designado deverá ser renumerado, devendo ser devolvido no prazo máximo de 6 meses para o provedor que o tenha designado.

Impacto da política no sistema de registro e endereços
-------------------------------------------------------
Esta proposta não implicaria mudanças no sistema de registro.

Política de privacidade