TROCA PRIMEIRA ALOCAÇÃO IPv6 USUÁRIO FINAL

Idioma Original Português Data Publicação 03/08/2017 Última Modificação 18/08/2017
Período de últimos comentários 19/09/2017 - 03/11/2017 Data de ratificação 22/11/2017 Data de implementação 06/12/2017
Estado Implementada Baixar TXT PDF XML DOCX
Ver outras versões 1.0 2.0 (comparar)

Autores

Nome: RICARDO PATARA
E-mail: patara@registro.br
Organização: NIC.BR

Opinião Geral

Dados da Proposta

Tipo Política: LACNIC
Id: LAC-2017-8
Última versão: 2

Resumo

Atualmente, na política vigente, é permitido à uma organização classificada como ISP trocar a sua primeira alocação IPv6 por um única vez, devido a ajustes no plano de utilização.

Isso foi muito importante pois permitiria a essas organizações ajustar um plano inicial, e talvez imaturo, para algo mais real e que traga benefícios para seus serviços e clientes.

No entanto, tal possibilidade, não existe para organizações classificadas como Usuários Finais.

Embora para a maior parte dessas organizações a alocação mínima, /48, possa ser suficiente, ainda assim há casos de que o plano apresentado para justificar a primeira alocação não representa a realidade atual e precisam portanto de uma alocação maior.

Justificativa

A proposta visa igualar as possibilidades de troca da primeira alocação IPv6 para organizações ISPs e Usuários Finais.

Vimos já casos com necessidades concretas e reais de organizações Usuários Finais que precisam ajustar seu plano de uso do bloco IPv6 já alocado.

E por não haver tal possibilidade para esse tipo de organização se veem limitadas ou tendo que justificar uma alocação adicional, mas isso tampouco está previsto na política vigente.

Creio ser justo dar também às organizações Usuários Finais o direito de trocar a primeira alocação face a um plano melhor elaborado

Texto

INCLUIR no parágrafo 4.5.4.3

4.5.4.3 Retificação do tamanho da designação inicial

Uma organização Usuário Final poderá justificar um novo plano de endereçamento junto ao LACNIC uma única vez nos casos que o plano inicialmente apresentado, e que justificou a primeira designação, se mostre incapaz de atender suas necessidades atuais.

O novo prefixo se ajustará ao novo plano e deve cumprir com os pontos 4.5.4.1 ou 4.5.4.2.

Caso não seja possível entregar esse tamanho de prefixo, por aqueles adjacentes já estão sendo utilizados por outras organizações, o talvez porque ao fazer essa designação não reste espaço suficiente para outras sucessivas designações, LACNIC deverá informar ao solicitante e esse optar por:

- receber um novo bloco com o prefixo solicitado e justificado e que contemple a totalidade da necessidade apresentada, com o compromisso de renumerar sua rede e devolver o bloco original ao LACNIC em um prazo de 6 meses.

- receber um novo bloco que somado ao bloco já designado contemple a necessidade apresentada e justificada no novo plano, e assim, manter os dois blocos.

Esse procedimento somente poderá ser utilizado uma única vez por cada organização.

Informações Adicionais

ajuste no texto de acordo a sugestão recebida na lista

Tempo de Implementação

imediato

Referências

sem referências

Notas Públicas da equipe de LACNIC

ANALISE DE IMPACTO PELA EQUIPE DE LACNIC - Proposta LAC-2017-8 - versão 2

Interpretação da proposta pela equipe de LACNIC
-------------------------------------------------
Aplicação da seção 4.5.4.3:
-----------------------------
Será aplicado nos casos em que uma organização classificada como usuário final possua um bloco IPv6 designado e retorne a LACNIC perante a necessidade de um bloco maior, com um novo plano de endereçamento.

Modificação do texto atual e comentários da equipe
---------------------------------------------------
De acordo com as modificações apresentadas na proposta 2017-8, versão 2, o manual de políticas apareceria na seguinte seção como mostrado abaixo:

• Acrescenta-se o ponto 4.5.4.3 “Retificação do tamanho da designação inicial".
Uma organização Usuário Final poderá justificar um novo plano de endereçamento perante LACNIC uma única vez no caso de que o plano apresentado inicialmente e que justificou a primeira designação não possa atender as suas necessidades atuais.

O novo prefixo será ajustado ao novo plano e deverá cumprir com os pontos 4.5.4.1 ou 4.5.4.2.

Caso não seja possível entregar esse tamanho de prefixo, seja porque os adjacentes já estão sendo usados por outras organizações, ou porque ao fazer essa designação não resta espaço suficiente para outras designações sucessivas, LACNIC deverá informar ao solicitante, quem deverá optar por:

- receber um novo bloco com o prefixo solicitado e justificado e que contemple a totalidade da necessidade apresentada, com o compromisso de renumerar sua rede e devolver o bloco original a LACNIC em um prazo de 6 meses;

- receber um novo bloco que, somado ao bloco já designado, contemple a necessidade apresentada e justificada no novo plano, e assim, manter os dois blocos.
Este procedimento poderá ser usado apenas uma única vez por cada organização.

Comentários da equipe:
----------------------
Hoje, sem a implementação desta proposta, o caso seria analisado como uma designação adicional, pelo qual segundo o manual "Sucessivas designações terão que ser documentadas e justificadas (...)". Com a implementação desta política a equipe de LACNIC entende que não seria necessária a justificação dos recursos designados inicialmente já que seria usado um novo plano de endereçamento, e seria este o levado em conta para a nova designação.

Implementação da proposta
----------------------------
A proposta poderia ser implementada em forma imediata.

Impacto da política no sistema de registro e endereços
-------------------------------------------------------
Esta proposta não implicaria ajustes no sistema de registro.